segunda-feira, abril 07, 2008

Prova do segundo ano





Matéria da primeira prova de 2008 do segundo ano:



  • Revisão de Arte Moderna (século XX)


Links dos posts desse tema:


Revisão de Arte Moderna - parte I



Revisão de Arte Moderna - parte II



Expressionismo



Fauvismo



Futurismo



Cubismo



Surrealismo



OP e POP Art




  • Arte Pré-Cabralina






  • Barroco Brasileiro






Espero que ajude!!!


Quem tiver dúvidas: comentar nesse post que eu respondo!



Plantão:


Terça-feira: 08/04 - 14h às 18h

Quarta-feira: 09/04 - 09h às 12h (para o povo da tarde!)


Abraço a todos!! E não se esqueçam: "viva! viva!" (que é o mais importante)



Nada de dormir no ponto, heim!

38 comentários:

Rodrigo disse...

Profssora, cairá na prova, especificamente: fututrismo, fauvismo, dadaismo, surrealismo, op e pop art??

Obrigado.

Taciana disse...

As vanguardas todas podem cair: expressionismo, fauvismo, futurismo, cubismo, abstracionismo, construtivismo, dadaismo, surrealismo... Além da op e da pop art.

Rodrigo disse...

Okk.Obrigado

Anônimo disse...

Mas professora não cai impressionismo, pós-impressionismo e divisionismo né?

Taciana disse...

Não, o impressionismo e o nem impressionismo (nisso podemos incluir o divisionismo) seriam uma espécie de porta de entrada para o surgimento das vanguardas. Não cobrarei na prova.

Fernanda disse...

Taciana...
o que é importante saber sobre Die Brücke e Der Blaue Reiter!?
Quais as princiais diferenças deles!?

Outra coisa... o cubismo rompe totalmente com a figura?! porque em algumas obras parece que a realidade só ta "retorcida".. nao chega a ser abstrato...

Aaai obrigada pelos resumos! tão ajudando demais!!!

Taciana disse...

Não vou cobrar na prova a diferença entre as duas correntes alemãs no expressionismo... Mas pra você sabe, a "der blauer reiter" - conhecida como "cavaleiro azul" é mais intelectualizada que a "die brucke" (a ponte). É que o expressiomosmo é um dos movimentos da arte que mais apareceu na arte moderna (até hj ele aparece). Podemos ver expressionismo em vários outros artistas que consideramos só abstratos (como o Kandinsky, por exemplo).
O rompimento do cubismo com a figura é mais no mundo das idéias que no visual. Realmente conseguimos entender o que se pinta, mas o importante é romper com a idéia da mimese, dos planos. O cubismo rompe a idéia "clássica" da figura, ok!

Rafaela disse...

Professora, é importante saber de todos os pintores das Vanguardas?

Obrigada.

AmaNdA disse...

SôOOorA

MuiiittOOoo Obrigadaaaaa por ter colocado os resumooosss!!!

muuiito obrigaddaa mesmmmoo!!!

Ajuuudaaum muito, com certeza!!!

Esperoo ir bem na sua prova!!

haha ^.^

SôRaaa...me responde uma coisinhha???

Qual a principal diferença entre...

a cultura/cerâmica santarém e a marajoara??

ObG

BeEeEjO =*

Taciana disse...

Não precisa saber os nomes de todos os artistas da vanguarda, o importante é lembrar dos estilos e conseguir identificá-los nas obras.

Sobre as diferenças das cerâmicas santarém (tapajós) e marajoara:
A marajoara é mais cheia de detalhes (lembram das cariátides). A Cerâmica Marajó ainda é feita lá na Ilha de Marajó e ela é bem mais simples que a de Santarém. Vale lembrar que a cerâmica marajó apresenta uma pequena diferença entre aquelas que eram usadas no dia-a-dia e aquelas que eram usadas em rituais - que eram mais decoradas.

Anônimo disse...

Professora, nao entendi...
A marajoara é que tem mais detalhes? Ou é mais simples que a de Santarém?

Obrigado pela ajuda!

Anônimo disse...

Professoraa!
eu naooo entendi direito o que é vanguarda.

Taciana disse...

A santarém é mais complexa e mais cheia de detalhes que a marajoara. A diferença fundamental é que a Santarém já não existe mais, só peças em museus e a marajoara ainda é feita. Dentro da marajoara temos cerâmicas mais simples e outras mais elaboradas.

Sobre o que são vanguardas: é um termo militar que significa "estar a frente", são os movimentos da arte moderna. Historicamente, ficou estabelecido que as vanguardas foram os movimentos de arte moderna que aconteceram na primeira metade do século XX (depois da segunda guerra usamos o termo arte pós-moderna ou então "neo vanguardas").

Anônimo disse...

professora qual é a base do construtivismo? a principal característica?

ObD.

Taciana disse...

O construtivismo surge na Russia e é uma arte basicamente geométrica destinada a refletir a tecnologia moderna. Se chama construtivismo pq seu objetivo era "construir" a arte, e não criá-la a partir de uma inspiração na natureza (isso inclui o homem e seus sentimentos). Os construtivistas tomam emprestado do cubismo a idéia de "quebrar" a figura, do futurismo as imagens múltiplas e sobrepostas formando uma arte abstrata... Claro que ele também tem um caráter político relacionado à revolução russa: despir a arte, assim como o estado, dos anacronismos burgueses.

O importante é lembrar que usamos o termo pras várias manifestações de arte abstrata geométrica (pintura e escultura)

Anônimo disse...

professora, a partir do impressionismo as imagens passam a ser mais realistas e isso tem continuidade com as vanguardas,é isso???

Ana disse...

santarém o o povo ou o lugar onde a cerâmica é feita??


brigada professora =D

Nah* Alves disse...

Taciana! Tudo bem? Antes de qq coisa, muito bons os textos....e muito obrigada pela ajuda aos alunos =)
Tenho uma dúvida: sei que o barroco brasileiro esteve muito ligado à fé cristã e tal e aqui você diz: "no Rio nós também tivemos um barroco dissociado da religião". Mas de que maneira então ele foi presente no Rio?

Anônimo disse...

professora, é preciso saber cada fase do picasso?!

AmaNdA disse...

SOra!!

Mais por curiosidadeeee...!!

O que tem na obra do michelangelo [ aquela apresentada no blg por emxemplo] que é capaz de justificar a mesma pertecer ao movimento renascentista?
O moviemnto renascentista bem como o realista trata do racional...o objetivo...não é?

qual característica que devo olhar numa obra que é capz de dizer de que movimento a mesma faz parte?

[Obrigada]

Mariana disse...

Professooora!
é bom eu estudar a parte teorica da apostila, ou só pelo caderno e por aqui?

obrigaaada =)

Anônimo disse...

prof, o abstracionismo geomatrico foi uma "continuaçao" do cubismo?? ql a diferença entre eles??

Taciana disse...

Nossa... quanta pergunta!! hehehe

Bom, vamos por partes:
Primeiro: a partir do impressionismo as imagens passam a se afastar da busca acadêmica - mimese / técnica realista. O afastamento é gradativo. Com o impressionismo é bem sutil e vai se afastando cada vez mais até se afastar totalmente com a arte abstrata.

Santarém pode ser usado para as duas coisas: o lugar e o povo. Eles (o povo) também são chamados de Tapajós.

Sobre o barroco carioca distanciado da religião: no Rio temos algumas manifestações de rococó puro e simples (como por exemplo o Jardim Botânico, o Passeio Público, os arcos da lapa... As esculturas "pagãs" de mestre Valentin). Entendeu?? Isso também é barroco (mas é mais próximo da idéia do barroco francês, o rococó) - se ainda tiver dúvida procure um post sobre "rococó" no blog pra ter mais idéia sobre, ok!

Não é necessário saber as 3 fases do Picasso (e nem as duas do cubismo: analítico e sintético). Basta conseguir localizar o que é cubista.

Sobre a pergunta da Amanda. Bom, aquela obra do Michelangelo (a criação de adão, né? - nem lembro mais) apresenta alguns traços bem marcantes do renascimento: ele representa Deus como um homem velho mas vigoroso, assim como Zeus era representado nas esculturas gregas. Além disso ele usa alguns elementos técnicos que tornam a obra muito mimética, mesmo sendo um tema "mítico" - a criação do homem!
Quando observamos o humanismo em uma obra de arte (a força, poder, valorização do homem) podemos dizer que pertence a um movimento racional... mas como saber se é renascentista, neoclássico, realista??? Bom, ai é preciso localizar no tempo: o que a imagem mostra?? E além disso há algumas particularidades de cada movimento: no renascimento, por ex, eles fazem cenas religiosas mas com um ar humanista; no neoclassico temos menos religião católica, mas muita cena mitológica, muitos nus... No realismo, o importante é a idéia humanista e não a técnica realista, entende??

Bom, não sei muito se ajudou.

Ah, já são quase 18h, vou ficar até mais tarde por aqui... se precisarem!

Bjoks

Anônimo disse...

taciana! como eram as esculturas construtivistas? deve saber identificá-las, ou não?
Obriigada. :)

Anônimo disse...

professoora,
no barroco as esculturas eram um ' sinônimo' de riqueza?

pq no barroco pobre tem mais pintura que escultura..

Nah* Alves disse...

Ei, muuuuuuito obrigada...entendi sim!
vou indo...
e que venha a prova =D!
bjo!

Anônimo disse...

Sobre a arte indígena, quias são suas divosões? Artesanato, ìntura Corporal e Arte plumária? Otra coisa, vai coisar coisas mais específicas como as caracteristicas da arte de cada tribo e tals?

Obrigado professora, ta ajudando demais =)

Taciana disse...

As esculturas construtivistas são asbtratas e com formas geométricas, como as pinturas. É fácil identificar! E sim, é bom reconhecer uma escultura construtivista.

As esculturas, no barroco, podem ser consideradas uma espécie de sinônimo de riqueza pq é muito mais caro fazer escultura que pinturas - ainda mais aquelas grandes, pintadas e muitas vezes decoradas com ouro. Como é mais barato decorar com pinturas, nas regiões de barroco pobre temos muito mais pinturas que esculturas.

SObre arte indígena: pintura corporal / arte plumária / cerâmica (essas são as principais linguagens).

O que é "coisar coisas"??? hehehehehehehehe

Tem algumas coisas que são importantes, por ex... tem tribos como a "kadiweu" que tem um tipo de pintura bem específico - que parece tatuagem, e tb parece um pouco aquelas pinturas indianas nas mãos... E na arte plumária a tribo Bororo tem vários elementos que provam pra gente que a arte plumária não serve só de identificação entre as tribos mas também entre os indivíduos de uma mesma tribo).

Vou descansar agora que essa rinite tá me matando! Volto mais tarde, ok!

Bjão a todos!

Anônimo disse...

Professoraaa! Uma dúvida..é preciso estudar a missão artística francesa???

Taciana disse...

Não, não... A Missão Artística Francesa é assunto pra prova do segundo conjunto!

André disse...

Professora...
pode-se dizer que o barroco está "dentro" da arte colonial brasileira (afinal ela foi trazida para cá a partir dos portugueses que ganharam dinheiro no brasil), ou o barroco no brasil e a arte colonial são 2 movimentos separados?

Taciana disse...

Oi André

Sim, o Barroco está no período colonial... Mas não é tão simples assim: poderíamos dizer que as igrejas barrocas são coloniais, mas não que as casas coloniais são barrocas... entende?

A diferença está na função das construções e nas características de cada uma delas. Sim, a arquitetura simplesmente colonial é mais simples que a barroca, tem mais linhas retas - não tantas linhas oblíquas como o barroco.


Quando o Barroco chega no Brasil já existia a arquitetura colonial que continuou a ser feita até o século XIX (assim como as construções barrocas) - O termo "colonial" é relativo à COLÔNIA, portanto tudo que foi feito de 1500 até 1808 (chegada da família real) pode ser considerado colonial.

Só não vale chamar as casas coloniais de barrocas, ok!
E apesar de não ser errado, é melhor chamar as igrejas barrocas de BARROCAS mesmo!

GATO100GATA disse...

ALGUMA GATINHA QUER TC?

Ursinho Pohh disse...

Aguem Viu Meus Potes De Mel!!

Larissa disse...

Psora, a arte indigena pode ser incluida no periodo pre- cabralino ou é um movimento a parte?

Larissa, sala 56

Márcia disse...

professora, tem que saber sobre todas as vanguardas?

Anônimo disse...

olá Professora.!

você disse que "As figuras fauvistas são apenas sugeridas e não representadas de modo realista."
fiquei confuso..

Tudo bem que ha a quebra com a mimese, mas a obra nao sugere interpretaçao definida, posso concluir que o Fauvismo é um 'abstrato mais leve' ou algo assim??

::mogi::

Taciana disse...

Oi gente, bom dia.

Desculpa ai por não chegar antes... eu estou um pouco doentinha e tive problemas hj pela manhã.

Larissa, eu já respondi sobre a arte pré-cabralina antes nesse mesmo post (comentários mais lá em cima) - mas de maneira geral "pré-cabralino" é tudo que aconteceu aqui antes de 1500. Como os índios já viviam aqui antes disso, mesmo as manifestações que foram feitas depois são consideradas pré-cabralinas (elas não tem a influência da cultura européia).

Márcia, também já falei sobre isso (as vanguardas). É bacana conseguir identificar as mais importantes: expressionismo, futurismo, surrealismo, abstracionismo (e o construtivismo), dadaísmo... e é claro a op e a pop também.

O fauvismo é figurativo ainda, mas apresenta imagens bem longe da idéia acadêmica, por isso digo que são figuras sugeridas (e não representadas de modo fiel).
Não é abstrato não...

Espero que tenha dado tempo de ajudar.
Boa prova!