sexta-feira, fevereiro 08, 2008

Revendo a Arte Moderna

Basicamente, o que chamamos de “arte moderna” começa com o impressionismo que inicia de fato a ruptura com a arte acadêmica – claro que sem deixar de lado o caráter figurativo. Se observarmos com atenção a obra “Ponte Japonesa” de Claude Monet, por exemplo, conseguimos perceber que se trata de uma ponte com uma paisagem ao fundo e com flores caídas na água, provavelmente identificando uma manhã de primavera. Porém a imagem não é mimética. Ela represanta uma ponte mas não é uma representação fiel, não é realista (falando em técnica).



Para ficar mais fácil é só comparar duas imagens. A primeira, impressionista, é “A solista de verde” de Degas e a segunda é um detalhe da “Criação de Adão”, de Michelangelo, uma obra clássica - Renascentista. Qual dos dois é mais “realista”? Essa pequena diferença corresponde ao grande passo dado pelo impressionismo.






No século XX nós temos o surgimento das chamadas Vanguardas Históricas que, apesar de não estarem nesse exato momento “à frente”, já estiveram um dia. O termo “vanguarda”, do francês Avant Garde faz referência ao batalhão militar que vai a frente da tropa em ataques durante uma batalha. É por isso que o termo indica aquele ou aquilo que está à frente. Tais vanguardas são os movimentos (“ismos”) da primeira metade do século XX que vêm para romper com o academicismo...

O início dessa ruptura se dá com o Cubismo. Antes disso, movimentos como o Expressionismo e o Fauvismo também se empenhavam em romper barreiras. O primeiro mais na questão interna, com seus dilemas e protestos e o segundo com o uso “selvagem” das cores.














"Mãe Morta", Münch - obra expressionista.





"A Dança", Matisse - obra fauvista.


Picasso, que foi influenciado pelas idéias do pós-impressionista Cézanne – da geometrização da natureza; e que ficou fascinado pela arte africana pintou em 1907 “Les Demoiselles d’Avignon”, um quadro que pode ser considerado um divisor de águas na História da Arte.

Obra de Cézanne - Castelo de Medan (observe as características / formas geometrizadas).



Máscara africana primitiva.



“Les Demoiselles d’Avignon”


Enfim o figurativismo começava a ser quebrado (quase literalmente, já que as formas de Picasso parecem “quebradas”). O início dessa “fase negra”, que foi a mãe do Cubismo abriu as portas para que outros artistas ousassem romper a barreira da figuração. O Abstracionismo surge entre 1910 e 1911 com a tela “Batalha” de Wassily Kandinsky. Em pouco tempo esse movimento de “basta” à arte acadêmica dominou a pintura moderna e tornou-se bastante diversificado. Uma de suas principais tendências ficou conhecida como abstracionismo geométrico, pela organização geométrica e racional das formas e das cores. Um dos mais conhecidos pintores dessa tendência é o holandês Piet Mondrian.



“Batalha”, Wassily Kandinsky (abstracionismo informal)

"Composição", Piet Mondrian (abstracionismo formal / geométrico)



Por hoje é só!! Viva! Viva!

7 comentários:

mellina y. disse...

Hey :3
Dá pra perceber um pouco as pinceladas irregulares na obra de Monet - entretanto, acho que não perceberia se não me falassem. 8D
"Mãe Morta" é muito melancólico .-. mas foi o nome que me fez sofrer esse impacto, porque a mulher no fundo parece tão tranqüila - pelo menos na imagem ampliada o_õ não sei quanto ao original e a menina parece indiferente o_o mostrando um toque de inocência.
"A Dança" me faz lembrar das pinturas rupestres antigas. ~__~
Hah, XD eu não sabia que as esculturas africanas eram tão geométricas assim. Achei que Picasso havia usado a cultura africana como tema para algumas obras.
Eu gostei da pintura de Kandinsky. :3 As cores fazem-me sentir estranhamente bem. Nesses quadros abstratas, eu tento formar algo na minha imaginação. Divertido. x3
Já as pinturas abstratas geométricas não despertam interesse nenhum pra mim .-. ...eles pintaram? Parece digital o_o não, não é por isso que não eu gosto. XD
Viva >3

Marina disse...

Te adcionei no msn para tirar algumas duvidas
Marina sala 57 manha

Taciana disse...

Oi Marina

Já te aceitei.
Estou online se precisar.

André disse...

ahhh... agora eu entendi!!! ;D

Solange disse...

eu gostaria mesmo é que esclarecessem a diferença entre pintura rupestre e pintura moderna, isso é muito importante para mim nesse momento.Beijos sol.

Alice disse...

Nossa, em "mãe morta" pra mim a reação da garota está em quase que ignorar a realidade,mas por ser uma forma de fuga, e não de indiferença o.O

Taciana disse...

Pois é Alice, dá impressão de que ela está tapando os ouvidos pq não quer ouvir nada, quer ficar no seu mundinho... sem aceitar a realidade.