terça-feira, março 29, 2011

Holandeses no Brasil

No século XVII a Holanda invadiu o Brasil, mais precisamente Pernambuco. O conde Mauricio de Nassau trouxe em sua comitiva um pequeno grupo de artistas para retrataram o novo mundo para os europeus verem - ou melhor, para retratar a "nova Holanda". Os principais artistas desse grupo foram Frans Post e Albert Eckhout.
Frans Post ficou encarregado de registrar as paisagens pernambucanas. Seus quadros serviriam como cartões postais, fotografias jornalísticas. Cabia a esse artista ser fiel ao que via para que, lá na Holanda, todos soubessem como era a nova colônia.
Albert Eckhout ficou encarregado de registrar os tipos etnicos. Os holandeses tinham se deparado com uma realidade muito diferente da européia, já que aqui a mistura entre europeus, índios e negros tinham gerado vários tipos diferentes: mulatos, mamelucos e cafusos. Eckhout também se interessava pela flora brasileira e fez vários quadros onde esse elemento era enfatizado - seja em seus retratos etinicos, seja em suas naturezas-mortas.
É importante lembrarmos que trata-se do século XVII e de holandeses. Nessa época, na Holanda, tinhamos o Barroco (os principais artistas holandeses dessa época eram Rembrant e Vermeer), com características específicas.
Além dos efeitos de luz e sombra e da composição desequilibrada - características que também percebemos no Barroco italiano, temos quadros amarelados, com cores terrosas e escuros. Parece que falta luz!
Também precisamos lembrar que na Holanda, a reforma protestante bem forte e, por isso, a contra-reforma não conseguiu levar ao país o Barroco católico. O Barroco holandês traz como principal tema a vida cotidiana - resquício do humanismo da época do Renascimento.

Algumas obras de Frans Post:





Algumas obras de Albert Eckhout:




6 comentários:

Jefhcardoso disse...

Taciana, estou aqui encantado com essa postagem sua. Frans Post e Albert Eckhout, holandeses, viventes do período barroco; percebi sua ressalva. Mesmo assim fiquei pensando: Até que ponto o registro que estes pintores fizeram em Pernambuco é confiável como retrato de época? Mas de qualquer modo são lindos os quadros.
Obrigado por sua gentil atenção ao meu blog. Fico muito honrado com sua visita. Grande abraço!

Anônimo disse...

Adorei esse post, pois estava estudando sobre isso em história da arte, e o site me ajudou bastante.
Parabéns!

Taciana disse...

Obrigada pela visita! Que bom ter podido ajudar!

G.Cardoso disse...

ótima matéria, eu estudo Historia, e vou apresentar um seminário exatamente sobre a presença Holandesa no Brasil, ai vou focar mais no Frans Post,e vc acabou d me ajudar bastante, pois não sabia o q ele era, não consta direto, só falam q ele é paisagista, mas não dizem q ele é barroco holandês. obrigado :)

Anônimo disse...

Ajudou muito mesmo!!!

Marilena Onesti Maffei disse...

Adorei poder encontrar alguem falando,escrevendo sobre a Missão Holandesa no Brasil,principalmente sobre os artistas que acompanharam o Principe johan Maurits van Nassau,administrador da Missão no Brasil.
Quem foi convidado para participar em primeiro lugar,foi Pieter Post,arquiteto,que propôs seu jovem irmão Francis Post , pintor de paisagens para acompanha-los. Mais tarde juntou -se ao grupo Albert Eckhout,que pintou a flora ,a fauna.os diferentes grupos de etnias que existiam por aqui.
Sua pintura foi muito usada na Europa como tema em tapeçarias e similares.Alías uma pintura maravilhosa,retratando inclusive o famoso quadro da índia Tapúia ,carregando nas costas um cesto cheio de membros humanos para serem comidos.
Frans Post,deve ter aprendido pintar com seu pai um vitralista,pouco se conhece da sua pintura antes de vir,apenas um quadro em estilo bem barroco foi encontrado,com cores pesadas,mas ao chegar aqui,ele desabrochou,para a beleza,a pureza da paisagem,as cores límpidas e o azul do céu.Pouco foram os quadros pintados aqui e seis deles foram dados pela monarquia brasileira ao rei da França que estão hoje no Museu do Louvre.Consta que somente 6 quadros foram pintados aqui o que sabe-se que não é verdade e que levou com ele,muitos albuns de desenhos das mais lindas paisagens que encontrava.Ocorre que só o Museu Brenand em Pernambuco possui 15 obras dele,sendo considerada a maior coleção de Frans Post do mundo.Depois de 3 ou 4 anos voltou para Haalen onde nasceu e continuou pintando através de dos desenhos e das lembranças as paisagens brasileiras.Foi considerado o ¨Canaletto Brasileiro¨ cantado em verso e prosa por vários escritores,estudiosos,e Barleus,gravou e editou a maioria da sua pintura.seu irmão pieter também pintou alguns quadros,mas sem o valor do irmão.Frans pintava as casas das fazendas os escravos ,a labuta no campo etc.