domingo, outubro 08, 2006

Arte Bizantina

MOSAICOS



O mosaico foi a principal manifestação artística do Império Bizantino e teve seu apogeu durante o reinado do Imperador Justiniano.




MOSAICOS ROMANOS X MOSAICOS BIZANTINOS

ROMANOS



Cubos de mármore opaco
Usado, principalmente, no chão das residências
Temas seculares, batalhas, jogos
Tinham paisagens de fundo

BIZANTINOS



Cubos de vidro, pedras e brilhantes
Usado em paredes e tetos – mormente em domos e absides de igrejas.
Temas religiosos, Cristo como pastor
Fundo abstrato, ouro sobre azul


ÍCONES





Pequenos painéis de madeira com imagens pintadas, supostamente com poderes sobrenaturais.
As imagens de santos eram rígidas, em pose frontal, geralmente com o olhar fixo. Acreditava-se que os ícones tinham propriedades milagrosas.


Têmpera é o nome que recebe um dos modos que os artistas bizantinos utilizavam para preparar a tinta usada em seus ícones. Consiste em misturar os pigmentos a uma goma orgânica, para facilitar a fixação das cores à superfície do objeto pintado. A mais comum é a gema do ovo. O resultado é uma pintura brilhante e luminosa.


A técnica da encáustica foi utilizada desde a Antigüidade. O processo consiste em diluir os pigmentos em cera derretida e aquecida momentos antes da aplicação. A pintura em encáustica é semifosca, ao contrário da têmpera, cujo efeito é brilhante.


ARQUITETURA



A principal obra arquitetônica da Arte Bizantina é a Igreja de Santa Sofia em Constantinopla, dedicada à Sabedoria Divina (Sophia). Apresenta a marca mais significativa da arquitetura bizantina: o equilíbrio de uma grande cúpula sobre uma planta quadrada.
Simbolizava o poderio e unidade do império cristão. No interior, Santa Sofia está suntuosamente decorada com mosaicos e afrescos.

Um comentário:

Amanda disse...

OiiiÊÊE^^EÊ^!!

óia eeoo di nvu akee!!
pah ti agradeceeh agaiinn!!!

hauhau!!

vallleeo ssôoora!!

i ae?!?

keru v tuh nuh tiatroo!!

kiki istahs fazenu nu momento!!?

ahah

bjuh
>.<